26
Jan 09

Nos tempos que correm somos constantemente bombardeados com publicidade. Partindo do príncipio que cada anúncio promove a sua marca, iludindo o público, torna-se complicado resistir a todos aqueles apelos.

Estes apelos passam por seduzir o receptor do anúncio, fazendo promessas ilusórias. Transmitem-nos a ideia de mudança, de inovação. pelo contrário, omite tudo o que possa causar insatisfação e desilusão no consumidor.

A meu ver, torna-se difícil mudar a mentalidade do consumidor depois de visualizar o anúncio. Muitas vezes os consumidores não tem a capacidade de repensar acerca do que vão comprar, e acabam por ser levados pela publicidade enganosa. O problema reside na obcessão dos compradores pelo que aparece nos anúnicos, acabando por ignorar marcas com menos fama. É de salientar também, a constante existência dos realizadores de anúncios em competir com outros produtos, acabando por massacrar o comprador.

Na minha opinião, o público hoje em dia tem uma obcessão enorme por produtos de marca, achando que estes são os melhores, apenas porque tem um anúncio públicitário bastante apelativo, o que nem sempre corresponde à realidade.

 

Menos publicidade, mais sinceridade!!!

 

 


08
Jan 09

Livro: "Um corpo na biblioteca"

Autora: Agatha Christie

Editora: ASA


Conheço uma pessoa muito especial e diferente ao mesmo tempo. Chama-se Liliana, e é minha prima.

A Liliana era uma rapariga normal, bonita, alegre, divertida e sobretudo, feliz.

Certo dia, numa estrada traiçoeira, ela teve um acidente de carro, onde quem conduzia era o seu namorado. Este acidente fez com que ela fosse parar ao hospital, em estado grave.

A Liliana tinha acabado de parar num sono profundo, como se tivessse perdido a alegria e a força de viver.

A minha família e eu estavamos em estado de choque, embora eu, naquela altura, ainda fosse um pouco nova para perceber a gravidade da situação.

No entanto percebia bem que era um sofrimento enorme para todos nós, vê-la ali, deitada, e sem nada podermos fazer.

Esta situação durou pelo menos 5 semanas.

Foi de certeza dos piores momentos da nossa familia.

Mas a alegria voltou a surgir, quando a Liliana deu um sinal.

Tudo ia voltar ao normal depois de uns tempos de recuperação.

 

A Liliana voltou à rapariga que era, embora com algumas diferenças, físicas e psicológicas. Mesmo assim, tem uma vida normal. E acima de tudo, é feliz.

 

Dizem-me que sou parecida com ela, e isso deixa-me feliz, pois ela, é uma rapariga de forças, conseguiu passar tudo isto e voltar a ser a mesma pessoa. 

Posso dizer que admiro-a pela sua coragem.

 

 


04
Jan 09

Livro: Gaspar e Mariana

Autoras: Maria Teresa Maia Gonzalez

Editora: Verbo

 

Este livro retrata a história de duas crianças muito amigas. Mariana é cega e perdeu a avó à pouco tempo, Gaspar tenta ajudá-la a superar a perda.

No ínicio tava a achar o livro muito criança, um diálogo muito facil de perceber, e não estava a gostar muito de o ler. Mas só se deve avaliar um livro depois da leitura completa desse mesmo. E por isso, agora digo, adorei a mesnsagem que o livro transmite, mas no entanto nao sei explicá-la, o que importa é que gostei.

 

Gostei muito do livro, e aproveito para agradecer às minhas amigas que mo ofereceram no Natal. Obrigada Ana Rita Duarte e Carla Enes. =)


Livro: O ladrão de espíritos

Autores: Steve Jackson e Ian Livingstone

Editora: Verbo

 

Este foi o livro que recebi como prémio de 10 º melhor blogue do 9ano. Quando rasguei o papel doi embrulho, vi a capa, e não fiquei muito satisfeita. Era uma capa estranha, com caveiras, ratos, coisas esquisitas. Pensei logo, que à partida não ia ler o livro, pois parecia uma grande "seca". Até que, o professor me diz que é um livro muito bom e que vou gostar de lê-lo, ainda fiquei a olhar para ele, para perceber se ele falava mesmo a serio. E estava mesmo, depois explicou-me mesmo qual era o objectivo do livro. Fiquei "encantada" com o que o professor disse, e só me apetecia ler o livro logo, naquele momento. Assim que pude comecei a ler o livro, e simplesmente adorei.

 

Neste livro é o leitor que escolhe o caminho a seguir, para tentar salvar um feiticeiro. Sou uma heroína, consegui salvá-lo. =D

 

Adorei o livro, mesmo.

 

Esta é a prova que não se deve avaliar um livro pela sua capa, mas sim pelo conteúdo e pela mensagem que ele nos transmite.

 

 


Livro: Diário cruzado de João e Joana

Autoras: Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada

Editora: Caminho

 

Este livro retrata a história de dois amigos, João e Joana, que passaram o Verão longe um do outro.

A amizade é tamanha que não resistem a escrever cartas um ao outro. Neste livro estão presentes essas mesmas cartas, em que eles contam todas as experiências e aventuras que viveram nesses Verão, e se ajudam mutuamente com os problemas que vão aparecendo.

 

Simplesmente adorei o livro.


03
Jan 09

O último dia

(do primeiro)


Um dia de tristeza

(alegre)


Um dia de sol

(À chuva)


Um olhar trocado

(não houve)


Um sorriso escondido

(bem à vista)


Uma palavra muda

(que se ouviu)


Um som

(que não existiu)


Algo que ficou por dizer e ouvir

(mas eu sei)


Um gesto que mudava tudo

(se houvesse)


Se fosse possível acontecer

(algo que aconteceu)


Uma lágrima que não caíria

(porque ja tinha caído)


Se um sorriso fosse visto

(invisível)


Algo que mudaria

(impossível de mudar)


Um tempo nunca antes visto

(conheço)


Um contradizer de frases

(a mentira da minha vida)


Apenas uma história

(de encantar)


Um contínuo trocar de olhares

(Basta)


Um gesto perfeito

(com defeito)


Um momento único

(comum: eu e tu)


A sensação de voltar a amar

(impossível)


A pessoa perfeita

(desconheço)


Mais que um amor desconhecido

(falso amar)


Um amor adormecido

(PARA SEMPRE)

 

 

 

 

 


Janeiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
27
28
29
30
31


subscrever feeds
gaveta a sete chaves :D
Procurar :D
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO